Eletrobras negocia com governo aporte de R$ 900 milhões
10 de novembro de 2016 às 12:40

logo-eletrobrasA estatal Eletrobras afirmou nesta quarta-feira (9) que está em negociação com a União para receber um aporte de R$ 900 milhões na forma de Adiantamento para Futuro Aumento de Capital (AFAC), que seria utilizado para viabilizar a execução do Plano de Negócios e Gestão 2017-2021 da companhia.

Em comunicado ao mercado, a Eletrobras disse que o plano foi aprovado em reunião do conselho de administração nesta quarta-feira e será divulgado na sexta-feira (11).

Ainda segundo a empresa, o plano incluirá a realização de um programa de aposentadoria incentivada.

A Reuters publicou mais cedo nesta quarta-feira que o governo federal pretende injetar mais R$ 900 milhões na elétrica estatal ainda neste ano. Com o valor, a maior elétrica federal completaria 2016 com cerca de R$ 2,87 bilhões em aportes de recursos pela União, em meio a uma tentativa do governo de viabilizar a reestruturação da estatal, que acumulou mais de R$ 30 bilhões em prejuízos desde 2012.

Neste ano o governo já anunciou duas operações de capitalização na Eletrobras, no total de R$ 1,97 bilhão, além de ter aprovado leis que autorizam o pagamento de indenizações à estatal e o recebimento de recursos do Tesouro por suas subsidiárias de distribuição de energia.

Na terça-feira, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que a União iria reservar parte dos R$ 35,2 bilhões líquidos arrecadados pelo governo federal com a regularização de ativos de brasileiros no exterior para cobrir o déficit de estatais, o que deveria exigir cerca de R$ 2,8 bilhões.

ComentáriosComentários