PARTICIPE!
87 9 9974-2504

Ficou bem mais fácil remover um pen drive de computadores com Windows 10

08 abr 2019 às 22:43

Sabe quando você termina de transferir arquivos para um pen drive e esquece de selecionar a opção “Ejetar” antes de puxar o dispositivo do notebook? Em alguns casos, isso pode acabar resultando na perda de dados, por mais que a transferência parecesse estar concluída no momento. E é exatamente esse problema que a Microsoft está prometendo ter resolvido com a última atualização do Windows.

Com a chegada do Windows 10 1809, o sistema operacional da Microsoft vai passar a usar por padrão a opção “Remoção rápida” para dispositivos de armazenamento que são conectados ao computador. Antes dessa atualização, a empresa optava por usar o modo “Melhor performance”.

Na prática, isso significa que a velocidade de transferência e desempenho deve diminuir um pouco quando você tentar passar dados para um pen drive. Em compensação, será possível puxar o dispositivo a qualquer momento, sem necessidade de escolher a opção de “Ejetar” antes disso.

Por que isso acontecia?

Quando utilizava o modo “Melhor desempenho” por padrão, o Windows 10 realizava várias operações em segundo plano para melhorar a performance do dispositivo, como armazenar alguns dados temporários em cache. É por isso que a opção de “Ejetar” era necessária, pois o sistema entendia que deveria parar de usar o aparelho e se preparar para a remoção.

Caso você precise da velocidade mais rápida de transferência, o Windows 10 ainda vai permitir que a configuração seja alterada. Para isso, basta acessar o “Gerenciamento de disco” do Painel de Controle, clicar no rótulo do dispositivo com o botão direito, ir em “Propriedades” e depois selecionar a opção que você deseja. Este tutorial da Microsoft dá mais explicações.

Fonte: TecMundo