PARTICIPE!
87 9 9974-2504

Imposto de Renda 2019: veja quais são as vantagens e desvantagens de entregar a declaração no fim do prazo

24 mar 2019 às 20:25

O prazo para declarar o Imposto de Renda 2019 termina no dia 30 de abril. Os especialistas recomendam que o contribuinte reúna os documentos com calma e confira as informações antes de mandar a declaração à Receita, e por isso a recomendação é não deixar para a última hora. No entanto, quem optar por enviar nos últimos dias tem como vantagem a correção do valor de restituição a receber pela Selic. Quais são os riscos dessa opção?

Veja abaixo perguntas e respostas sobre deixar a declaração para o final do prazo. Para elaborar as respostas, o G1 reuniu comentários dos especialistas Tiago Slavov, professor do curso de Ciências Contábeis da FECAP, Antonio Gil, sócio de impostos da EY, e Richard Domingos, diretor tributário da Confirp Consultoria Contábil.

Qual a vantagem de entregar na última hora?
Quem declara por último deve ficar no final da fila do recebimento da restituição – ou seja, deve receber o dinheiro apenas nos últimos lotes. E, enquanto o contribuinte aguarda para recebê-lo, o dinheiro é corrigido pela Taxa Selic. Com isso, o valor a receber deverá ser maior que nos primeiros meses de pagamento.

Qual a vantagem de entregar nos primeiros dias?
Uma das principais é receber mais cedo o valor da restituição. Há vantagem também no caso de haver imposto a pagar. Se a entrega da declaração for feita até 31 de março, a primeira parcela do imposto pode ser paga por meio de débito automático, dispensando a necessidade de geração e pagamento de DARF.

Entregar antes também ajuda aqueles que enviaram a declaração com algum erro de informação. Isso porque esses contribuintes terão mais tempo para fazer a retificação. Outra vantagem é o risco menor de deixar de declarar o IR. Quem perder o prazo recebe multa de 1% do imposto devido ao mês de atraso, com valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% do imposto devido.

Quais são os cuidados recomendados para quem vai optar por entregar no final do prazo?
Para não correr o risco de descobrir na última hora que faltou providenciar algum documento ou de errar algum dado por falta de tempo para conferi-lo, os especialistas recomendam um cuidado especial para aqueles que optarem por deixar para enviar a declaração do IR só no final de abril. Esse cuidado é o de deixar o preenchimento pronto com mais antecedência. Com a ficha de declaração pronta, é possível salvar as informações sem enviar a declaração. Assim, é possível planejar a data de entrega conforme o desejado sem precisar preencher os dados com pressa.

No entanto, esse cuidado não deixa o contribuinte livre do risco de haver algum problema com o sistema da Receita nas últimas horas de entrega.

Fonte: G1